Entre em sua conta



Crie sua conta


Dados Pessoais

Endereço

Dados da Conta


Cidade
Última atualização: 26 de setembro

Novo sistema de adoção no Brasil entra em vigor em outubro

26 de setembro
000

Especialista defende que o brasileiro também precisa estudar e conhecer a realidade das crianças que aguardam adoção

Cidade
Última atualização: 26 de setembro

Educandário elege Diretoria 2019-2021

26 de setembro
000

Foi realizada na noite de quinta-feira, 19 de setembro, na sede do Educandário, a assembleia de eleição e posse da Diretoria do Educandário para o biênio 2019-2021. Conduzida pelo Frei Fernando Aparecido dos Santos, Custódio da Custódia do Sagrado Coração de Jesus, a assembleia contou com a representatividade de funcionários, frades e equipe gestora.
Em sua acolhida, Frei Fernando fez uma reflexão à luz do Evangelho narrado em São Mateus 25,31-40 – “Então o Rei lhes responderá: ‘Em verdade eu vos digo, que todas as vezes que fizestes isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizestes!” –, expressando uma mensagem de agradecimento aos diretores atuais e aos novos que chegaram.
À presidente Márcia Heloisa Iquegami, o Custódio expressou um agradecimento especial pela intensa dedicação, envolvimento, coragem e amor ao Educandário, nestes quatro anos de gestão.
Eleita por unanimidade, a nova diretoria ficou composta da seguinte forma:
Presidente: Mário Luiz Ribeiro; Vice-Presidente: Márcia Heloísa Iquegami, Primeiro Diretor Tesoureiro: Luís Carlos de Freitas; Segundo Diretor Tesoureiro: Débora Carla Domingues do Carmo; Primeiro Diretor Secretário: Lúcia Helena Cassiano Michelon; Segundo Diretor Secretário: Greicyane dos Santos Ribeira; Primeiro Diretor de Patrimônio: Glauter Machado
Segundo Diretor de Patrimônio: Murillo José Forte; Diretora de Voluntariado: Regina Célia Frota Boggio; Diretor de Desportos: Antônio Carlos Costa Limão; Diretor de Eventos: Gustavo de Paula Belini; Diretores Sociais: Giuliano da Silva Igarashi e Sérgio Iwao Sakomura; Frades Franciscanos: Frei Fernando Aparecido dos Santos, Frei Nivaldo Pasqualim e Frei Everton Leandro Piotto.
 
Conselho Fiscal

Membros Efetivos: Sérgio de Jesus Marangoni, Graziela Soares Bailão e Mateus Guilherme Chiarotti; Membros Suplentes: Andréa Morais Betelli, Rafael Mello Luciano da Silva e Luís Antônio Nogueira.
Finalizando a posse, todos foram presenteados com um TAU franciscano - símbolo da Ordem dos Frades Menores. O uso deste símbolo cristão/franciscano, sinaliza um compromisso de transformar a vida pela simplicidade, pela luz e pelo verdadeiro amor; uma exigência de missão e serviço aos outros, porque o próprio Senhor se fez servo até a morte e morte de cruz. (ASSESSORIA)

Cidade
Última atualização: 26 de setembro

Justiça absolve O Jornal de acusação sobre revistas

26 de setembro
000

A denúncia já havia sido rejeitada em 2013. O Ministério Público recorreu, o processo seguiu e o próprio Ministério Público pediu a absolvição dos réus por falta de justa causa. O caso foi arquivado

Política
Última atualização: 26 de setembro

Gastos em obras paralisadas e atrasadas em infraestrutura nos municípios passam de R$ 81 milhões

26 de setembro
000

Três cidades acumulam 85% do orçamento total de edificações com problemas de cronograma. Bebedouro tem ao todo 9 obras paralisadas ou atrasadas no valor total de R$ 29,1 milhões
 
O Estado de São Paulo possui mais de R$ 81 milhões de investimentos em obras paralisadas e atrasadas na área da infraestrutura urbana. Os números, que integram um levantamento realizado pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP), são referentes à soma do valor inicial dos contratos de empreendimentos que possuem programas de execução em seu cronograma.
O montante de R$ 81.195.861,00 é referente a um total de 28 obras cuja responsabilidade de execução é dos municípios. Três cidades – Santo André, Bauru e Caçapava – detêm um percentual de 85% dos valores investidos, segundo os dados fornecidos pelos próprios jurisdicionados e atualizados em 30 de junho deste ano.
A principal fonte de recursos para a realização das obras advém de convênios firmados com a União com um percentual de 53,6% do montante total. Quase um terço dos recursos para os empreendimentos – 28,6% - é fruto de ajustes firmados com o governo estadual. Em 10,7 % dos casos, a verba empregada provém de contratos de financiamento e apenas 7,51% são de recursos próprios das administrações municipais.

Política
Última atualização: 26 de setembro

TC lança ferramenta que acompanha receitas e gastos do Estado e municípios

26 de setembro
000

Agora é possível, de maneira rápida e prática, acompanhar a vida financeira de Bebedouro e qualquer cidade do Estado

Política
Última atualização: 26 de setembro

Programa de Reuso de Águas Pluviais é aprovado

26 de setembro
000

Após a quarta tentativa no quarto ano consecutivo, o vereador Nasser (Rede) conseguiu aprovar o projeto que cria o Programa de Captação e Reuso de Águas Pluviais. O autor explicou que o sistema de captação representa apenas 1% do valor da obra, além de contribuir para o uso sustentável da água.
Além do autor, votaram de forma favorável os vereadores Paulo Bola (MDB), Mariângela Mussolini (MDB), Fernando Piffer (PSDB), Silvinho do Pão de Queijo (PSDB), Jorge Cardoso (PSD). Votaram de forma contrária os vereadores Juliano Cesar (PSD) e Rogério Mazzonetto (PDT). O vereador Artur Henrique (DEM) se absteve da votação e Chanel não estava presente. Tanto Henrique como Mazzonetto alegaram que em momento de crise, os munícipes não poderiam ter mais um gasto.
De acordo com a proposta, toda construção nova a partir de 150m² deverá conter sistema de captação. Nasser defendeu a aprovação do projeto, já que Bebedouro tem passado por períodos de estiagem e em alguns meses do ano tem faltado água nas casas dos moradores. No ano anterior, o projeto recebeu apoio da Sociedade dos Engenheiros e das docentes do curso de Arquitetura e Urbanismo do IMESB, mas não foi suficiente para conquistar os seis votos necessários ao projeto. (ASSESSORIA)

Cidade
Última atualização: 26 de setembro

Lei que proíbe soltar rojões com barulho já está em vigor

26 de setembro
000

Desde o dia 23 deste mês, quem soltar fogos com barulho excessivo pode ser multado em cerca de R$ 1.000,00 

Cidade
Última atualização: 26 de setembro

Governo de SP abre processo seletivo para Diretores Regionais de Trabalho

26 de setembro
000

Inscrições para o Time de Valor são gratuitas e salário é de R$ 4,5 mil

Cidade
Última atualização: 26 de setembro

Bebedouro receberá Programa Alimente-se Bem

26 de setembro
000

Representantes de 11 municípios da região realizaram a assinatura do convênio do Programa Alimente-se Bem entre o SESI-SP, Tereos e prefeituras. O evento foi realizado no Teatro Sesi Waldemar Verdi, em São José do Rio Preto.
A parceria beneficiará os municípios com os serviços da Unidade Móvel de Vida Saudável do SESI-SP, atendendo Bebedouro, Tanabi, Severínia, Pitangueiras, Olímpia, Colina, Guaíra, Barretos, Altair, Guaraci e Guapiaçu.
O prefeito, Fernando Galvão, enfatizou que a Tereos faz a diferença em toda a região e que as parcerias público privadas fazem grande diferença para o desenvolvimento do município. “O trabalho conjunto vem possibilitando uma melhor qualificação profissional, reforçando a responsabilidade social e gerando melhorias nas mais variadas esferas”, afirma o prefeito.
O programa criado pelo SESI-SP em 1999, incentiva o consumo de alimentos com alto valor nutritivo, principalmente in natura, e conscientiza a população sobre o aproveitamento integral dos ingredientes.
A iniciativa foi elaborada a partir de pesquisas, que avaliaram os hábitos alimentares no Estado, e mostraram que partes importantes dos alimentos eram descartadas por falta de informação sobre suas propriedades e possibilidades culinárias.
A partir desses dados, foram criadas receitas que utilizam partes não-convencionais dos alimentos como cascas, talos, folhas e ramas e dão origem a pratos saborosos, nutritivos e econômicos. O conteúdo é disponibilizado em cursos oferecidos em 32 unidades do SESI-SP, distribuídas em 30 municípios do Estado.
Além da parte prática, que ensina a preparação de pratos, as aulas também incluem informações teóricas como as funções dos alimentos, o planejamento de compras, o reconhecimento e seleção de produtos, os cuidados no armazenamento e no preparo e o aproveitamento de sobras. (ASSESSORIA)

Vídeos

Fotos